PLANTANDO DÁ, SIM

RECICLAR É PRECISO

RECICLAR É PRECISO
RECICLAR É PRECISO. O MAIS, SERÁ PRECISO? Viver com alegria é viver em paz e harmonia. É olhar com a alma, observar com o coração, agir em conformidade com a natureza. Somos tanto mais necessários quanto mais úteis, em equilíbrio com o todo. Somos um; você sou eu e tudo o que o afeta, afeta a mim, também.

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

VAMOS LÁ! CLIQUE PARA SEGUIR!

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

CORUJA BURAQUEIRA: VOCÊ CONHECE? JÁ VIU ALGUMA NA PRAIA?

Caburé, guedé ou coruja buraqueira: ela é uma fofa, que pode ser encontrada com facilidade aqui, em Itanhaém: em poleiros nas praias, sobre postes ou telhados.
Por enquanto, porque o bichinho, que faz seu ninho em buracos nas dunas da praia cobertas de vegetação, está em extinção. 
Sabe aquele "mato" sobre as areias, que o pessoal reclama? "É tão mais bonita uma areia branquinha, limpinha!"
Pois é. A buraqueira não acha. Porque ... 
ela mora em lugares assim.
Por isso nem pensar em levar uma para casa. É animal selvagem e pertence à natureza. A propósito: caça ratos, mosquitos, pequenas cobras, anfíbios.
Curioso - e  triste - é que nem todos respeitam a corujinha. Há quem circunde a ave, de moto, até que ela quebre o pescoço. Ela gira a cabeça, acompanhando o motoqueiro, até cair durinha. Você achou graça? Não tem nenhuma.
Os fatos ilustram serem os humanos os maiores inimigos da espécie, que quase não  tem predadores naturais, bem assim a destruição de seu ambiente natural, em especial o soterramento dos ninhos, com a passagem de veículos. O trânsito é o principal culpado pela destruição, porque mata pais  e filhotes asfixiados.
O mais bacana é que um morador do Centro de Itanhaém construiu uma pequena reserva, para a proteger uma família. Saiba mais acessando http://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2015/10/morador-cria-reserva-no-meio-da-praia-para-salvar-animais-e-local-vira-atracao.html.

Obrigada pela visita!

QUER RECEBER DICAS? SIGA O BLOG. 

SEJA LEAL. NÃO COPIE, COMPARTILHE.
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Respeite o direito autoral.
Gostou? Clique, visite os blogs, comente. É só acessar:

BELA ITANHAÉM

TROCANDO EM MIÚDOS

"CAUSOS": COLEGAS, AMIGOS, PROFESSORES

GRAMÁTICA E QUESTÕES VERNÁCULAS
PRODUÇÃO JURÍDICA
JUIZADO ESPECIAL CÍVEL (O JUIZADO DE PEQUENAS CAUSAS)

e os mais, na coluna ao lado. Esteja à vontade para perguntar, comentar ou criticar.
Um abraço!
Thanks for the comment. Feel free to comment, ask questions or criticize. A great day and a great week! 

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

burrowing owl. The facts illustrate be human the greatest enemies of the species, which has almost no natural predators, as well as the destruction of their natural environment, in particular the burial of nests, with the passage of vehicles. Traffic is the main culprit for the destruction, because it kills parents and babies asphyxiated.
Madriguera del búho. Los hechos demuestran ser los más grandes enemigos de la especie, que casi no tiene depredadores naturales, así como la destrucción de su medio ambiente natural, en particular, el entierro de los nidos humana, con el paso de los vehículos. El tráfico es el principal culpable de la destrucción, porque mata a los padres y los bebés con asfixia.
Postar um comentário

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.
Ser feliz é uma opção e você é livre para viver a vida. Escolha seu sonho. Vale a pena.

QUEM SOU EU

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

ARQUIVO DO BLOG